sábado, 11 de fevereiro de 2012

O discípulo e a sua viva esperança


Quantas pessoas do mundo podem ter absoluta tranquilidade quanto aos dias difíceis e complicados em que todos vivemos? Quantas pessoas sabem o que realmente lhes aguarda num futuro não tão distante? Quantas podem descansar na certeza de que nada de ruim lhes acontecerá e que ele e sua família estão resguardados com toda segurança diante dos sobressaltos atuais?
A resposta é: Nenhuma pessoa que não tenha conhecido a Cristo e está crescendo no relacionamento com ele, pode afirmar que tem uma esperança no porvir e  de que está inteiramente segura nesses dias.
O discípulo de Jesus pode descansar realmente na absoluta certeza de que o Senhor é com ele e por isso pode perfeitamente preservá-lo. A Bíblia não diz que o cristão não haveria de passar por aflições e problemas variados. Jesus mesmo disse em João 16.33: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.”  Já não estaremos com aquela expectativa ingênua em achar que estamos em uma bolha protetora pelo fato de sermos crentes em Jesus. Mas o Senhor promete estar conosco, assim como Ele esteve, por exemplo, com Sadraque, Mesaque e Abedenego na fornalha (Dn 3.8-30) ou com Daniel mesmo na cova dos leões (Dn 6).
O que gostaria de ressaltar é que, aqueles que não conhecem ao Senhor, se desesperam via de regra e sofrem terrores indescritíveis diante de situações de aflição na vida. Muitos ficam abatidos, desanimados e até mesmo em estado de depressão. Não vislumbram muitas vezes nenhuma esperança e acham que tudo está perdido. E quando se fala quanto ao futuro da humanidade então, eles tecem inúmeras teorias quanto ao fim do mundo por exemplo, mas todas desprovidas de um real conteúdo de esperança real e bem-aventurança.
Quão diferente é para o discípulo de Cristo. Ele, por conhecer a seu Senhor e crescer a cada dia em seu relacionamento com Ele, sabe perfeitamente por meio da Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, que tem um futuro glorioso. O porvir do crente é maravilhoso. O Espírito Santo gloriosamente testifica em seu íntimo essa verdade, porque o servo de Jesus Cristo, é leitor compenetrado das Escrituras e tem uma confiança que sobrepuja a toda e qualquer tribulação pela qual esteja passando. Ele sabe que estas são efêmeras. São de curta duração. O apóstolo Paulo disse: “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente.” 2Co 4.17.
Vivamos pois, como seguidores de Cristo que somos, com nossa esperança continuamente avivada. Como faremos para que seja sempre assim? Procurando cultivar mais profundamente a vida com o Senhor. Por vezes temos a tendência de deixar de lado a oração, a leitura e meditação nas Escrituras e com isso nossa alma começa a ter inanição e sem alimento, podemos ter nossa visão de esperança ofuscada e Satanás vem tentar roubar-nos as bençãos do Senhor: a paz, a alegria e a esperança.
Lembremo-nos destas palavras inspiradas pelo Espírito Santo: “Porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes para com todos os santos; por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho”  (Cl 1.4,5) e também: “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro” (1Jo 3.2,3).
Por isso tudo e muito mais é que deveremos firmemente prosseguir em nossa jornada nessa vida, sempre olhando firmemente para o Senhor Jesus Cristo (Hb 12.1,2) e mantendo nEle a nossa mais absoluta confiança e esperança. Não sejamos como aqueles que não conhecem ao nosso Salvador, porque antigamente éramos assim também, não tendo esperança e sem Deus no mundo (Ef 2.12).
Hoje temos uma viva esperança, aleluia (1Pe 1.3). Prossigamos destemidamente até encontrarmos o Deus da esperança (Rm 15.13), porque temos a esperança da vida eterna (Tt 3.7).
Romanos 12.12: “Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai em oração”.
Que assim seja em sua vida discípulo de Cristo. Para a glória de Deus Pai. Amém.

Um comentário:

Salviano Adão disse...

Thank you for sharing such an important message with us. I appreciate your kind comments on my blog post too. Thanks for stopping by to visit.

I hope you have a wonderful and blessed week,
Tracy @ Cotton Pickin Cute