sábado, 26 de dezembro de 2009

O embaraço e o pecado na vida do discípulo


Hebreus 12.1: “Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta.”

Vamos discorrer sobre duas coisas que ocorrem em nossas vidas de seguidores de Jesus e que merecem uma atenção concentrada: embaraço e pecado.

O que seria o embaraço para o discípulo de Jesus? A versão que utilizamos a ACF - Almeida Corrigida e Fiel faz uso deste termo que na Almeida Revista e Atualizada (ARA) é peso, na Nova Versão Internacional (NVI) e na Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH) é usada a expressão tudo o que nos atrapalha, e na Almeida Séc. 21 usa-se tudo o que nos impede de prosseguir.

Estes exemplos podem nos ajudar a compreender o que o autor da epístola aos Hebreus quis nos dizer sobre as palavras em destaque. Sabemos que o pecado é o que nos separa de Deus. Quem anda em pecado não pode agradar ao Senhor que o salvou. O pecado está bem definido, cremos, em toda a Bíblia Sagrada. Sabemos que pecado é errar o alvo que Deus traçou para a nossa vida, é transgressão da lei de Deus, é iniquidade, é praticar coisas que são abomináveis aos olhos divinos. Mas, e quanto ao embaraço, ou peso? Na NVI, antecipando a expressão tudo o que nos atrapalha encontra-se o termo livremo-nos e na NTLH antecipando encontra-se a construção deixemos de lado. Na Almeida Séc. 21, antecipando tudo o que nos impede de prosseguir encontramos a palavra eliminar.

Isto posto, entendamos o seguinte: Embaraço ou peso na vida do discípulo é tudo o que o atrapalha ou o impede de prosseguir e deve ser deixado ou eliminado, assim como o pecado.

O embaraço ou peso, não é necessariamente um pecado que estejamos cometendo. Não significa que estejamos a transgredir a lei de Deus, ou a cometer algo abominável aos Seus olhos. Mas sim, algo que pode enredá-lo e deixar a sua carreira espiritual atrasada. Pode paralisá-lo em sua corrida rumo ao alvo Fp 3.13,14. Nesta passagem Paulo diz: …esquecendo-me das coisas que atrás ficam.” Estas “coisas” são exatamente os pesos, os embaraços e o pecado. O crente se envolve com aspectos desta vida que são um estorvo para sua caminhada com Cristo. Pode ser um envolvimento em demasia com sua família, ou profissão, ou estudos, ou seu hobby favorito. Até mesmo pode ser seu envolvimento ministerial, suas funções na Igreja, por paradoxal que seja isto, pode muito bem também constituir-se em embaraços para sua carreira cristã.

Devemos lembrar que, se somos discípulos ou seguidores de Jesus Cristo, devemos cuidar com nossa vida para que tudo o que façamos seja para a glória de Deus (1 Co 10.31). A advertência amorosa de Deus em Hebreus é para que sejamos prudentes, vigilantes e, sem desanimar, corramos com perseverança a carreira que nos está proposta. É uma carreira árdua, mas é uma carreira gloriosa a do servo de Deus. O que Deus deseja é que estejamos como o soldado bem aprontado e sempre disposto a agradá-lo (2Tm 2.4).

Querido discípulo, faça estas considerações agora, quando estamos prestes a encerrar mais um ano. O Senhor te ajude para que você deixe todos os embaraços e o pecado em sua vida e inicie 2010 na perspectiva de uma carreira bem corrida segundo a vontade de Deus.

Que Deus abençoe você.

Nenhum comentário: