Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

O que o discípulo de Jesus pode aprender com as orações da Bíblia - 4

Imagem
Amados irmãos, discípulos de Jesus, voltamos nessa semana à continuidade de nosso estudo bíblico sobre a oração. Já abordamos a intercessão, a petição e as ações de graça. Hoje, estamos apresentando o quarto aspecto, a confissão. Alguns textos que embasam a prática de confessar a Deus os nossos pecados, Pv 28.13: "O que encobre suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia." Lm 3.39: "De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados." E as palavras de Jesus no Sermão do Monte: "E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores" (Mt 6.12), também, Lc 11.4a: "E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve".
A oração que o profeta Daniel fez, confessando os pecados de seu povo, está em Daniel 9.1-19. Ali, exilado em Babilônia, reconhece através dos escritos do profeta Jeremias (Dn 9.2), de que o tempo das desolações …

O que o discípulo de Jesus pode aprender com as orações da Bíblia - 3

Imagem
Já tivemos a oportunidade nas duas semanas anteriores de falar sobre os dois primeiros aspectos da oração, a intercessão e a petição. Hoje meditaremos no terceiro aspecto, ação de graças. Para tanto, o texto que embasará nossa reflexão está em Êxodo 15.1-21. É o cântico de agradecimento de Moisés pelo livramento de Israel do domínio de Faraó e dos egípcios. No cap. 14 versos 29 a 31 lemos dessa forma: "Mas os filhos de Israel foram pelo meio do mar seco; e as águas foram-lhes como muro à sua mão direita e à sua esquerda. Assim o Senhor salvou Israel naquele dia da mãos dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar. E viu Israel a grande mão que o Senhor mostrara aos egípcios; e temeu o povo ao Senhor, e creu no Senhor e em Moisés, seu servo."
Na sequência, cap. 15, Moisés e os filhos de Israel, com grande alegria e gratidão em seus corações por causa de tão grande livramento, passam a entoar um cântico. Os cinco primeiros versículos evidenciam bem de como se l…

O que o discípulo de Jesus pode aprender com as orações da Bíblia - 2

Imagem
Semana passada falamos sobre a intercessão. Mencionei o texto de Gn 18 o qual informa que Abraão intercedeu  a Deus por Sodoma, caso houvesse ali houvesse algum justo (como era o caso de Ló). Hoje gostaria de falar sobre outro aspecto da oração, a petição. Para tanto, quero citar ainda o livro de Gênesis no cap. 24 onde lemos que Abraão chama seu servo mais velho da casa e, sob juramento, o envia à sua terra de nascimento para que dali, dentre sua parentela, suscitar uma esposa para seu filho Isaque (Gn 24.1-67).
O que me chama atenção nessa passagem tão sublime em Gênesis é a maneira como fielmente o servo de Abraão obedeceu ao mandado de seu senhor e como ele teve fé de pedir a Deus, fazendo uma prova com Ele e tendo como recompensa a resposta igualmente fiel do Senhor, leiamos: "Pela tarde, na hora em que as mulheres saíam para tirar água, ele fez os camelos se ajoelharem junto ao poço de água, fora da cidade. E disse: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão, peço-te que me dês b…

O que o discípulo de Jesus pode aprender com as orações da Bíblia - 1

Imagem
O que nós, que seguimos a Jesus Cristo como Senhor e Salvador, poderemos aprender com as orações que se encontram por todo o texto sagrado? Penso que em nossa vida de discipulado constante com Jesus, aprenderemos tanto o que consta nas Escrituras do AT como no NT porque o que está registrado na Bíblia é para nossa edificação, nosso proveito (Rm 15.4; 2Tm 3.16).
No que tange à oração, Jesus disse que deveríamos orar sempre. O evangelista Lucas registrou isto dessa maneira: "E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer" (Lc 18.1). Ele estava ministrando aos seus discípulos este ensinamento, logo, é extensivo a todos nós também discípulos d'Ele nesta geração.

Gostaria de reportar-me, iniciando esta série, sobre a oração de nosso pai da fé, Abraão. Em Gênesis 18, lemos que o Senhor aparece a Abraão e lhe comunica de que efetivamente ele e Sara em sua idade avançada seriam pais de um filho (1-16). Em seguida, Deus lhe anuncia de que destr…